Seguros

7 tipos de seguro para empresas que você deve considerar

lendo_contrato_seguro_lupa

Proteger a empresa contra sinistros e imprevistos é essencial para a sua sobrevivência, especialmente em época de alta competitividade. Por isso, gestores e empreendedores devem se manter informados sobre os tipos de seguros para empresas disponíveis no mercado.

A atuação empresarial envolve diversos riscos e é preciso estar preparado para não sofrer prejuízos financeiros com a perda de equipamentos, estrutura, dados, e até de funcionários.

Assim, para que seu negócio consiga manter um bom nível de produtividade e fique resguardado quanto a sinistros que possam ocorrer, acompanhe a seguir 7 tipos de seguros empresariais que podem ajudar você em momentos difíceis!

1. Seguro para Proteção Patrimonial

O primeiro tipo de seguro apresentado é também um dos mais relevantes no contexto atual. Proteger o patrimônio é uma necessidade real dos negócios contemporâneos, independentemente do porte e segmento de atuação.

Ademais, em nosso país, alguns seguros dessa categoria são obrigatórios e constituem requisitos para que a empresa funcione regularmente, como:

Outros, apesar de opcionais, são de extrema relevância para a segurança do negócio, possibilitando que o empreendimento consiga enfrentar os impactos de um sinistro com rapidez e eficiência, evitando prejuízos ainda mais expressivos.

É o caso, por exemplo, de seguros contra roubos e seguros de reembolso de despesas emergenciais.

2. Seguro para empresas de Responsabilidade Civil

A atividade empresarial, principalmente a que envolve a prestação direta de serviços ao consumidor, é sempre permeada pelo risco de causar prejuízos a terceiros, seja por falha na prestação ou erro na execução do trabalho.

Nesse caso, é prudente contar com um seguro para responsabilidade civil, que permitirá que as indenizações e os reembolsos devidos não afetem o funcionamento da empresa. Lembre-se de que, além de trazer segurança à organização, ele também protege seus clientes e os terceiros que possam ser atingidos.

Entre os profissionais e tipos de empresa que mais estão sujeitos a esse tipo de risco e para os quais, portanto, mais se recomenda a contratação de um seguro de responsabilidade civil estão:

  • advogados;
  • contadores;
  • engenheiros e arquitetos;
  • médicos e dentistas;
  • agências de turismo;
  • construtoras;
  • agências de publicidade e marketing;
  • salões de beleza;
  • instituições de ensino;
  • produtoras de evento.

Vale destacar que as coberturas podem ser customizadas de acordo com as particularidades de cada atividade.

3. Seguro para estagiários

Empresas que contratam estagiários precisam fornecer um seguro a esses estudantes.

Na prática, funciona como um seguro de acidentes pessoais e é obrigatório desde 2008, quando entrou em vigor a Lei nº 11.788/08, que ficou conhecida como Lei do Estágio. Salienta-se que a Lei dispõe que é obrigatório que a empresa arque com esse seguro.

Como os estagiários não têm os mesmos direitos e proteções de um funcionário comum, é natural que a lei tente dar a eles o máximo de tranquilidade.

4. Seguro saúde empresarial

Proteger e cuidar dos funcionários é uma atitude inteligente por parte dos gestores de RH e empreendedores. Afinal, o capital humano é o grande diferencial de uma empresa.

Por isso, contratar um seguro de proteção à saúde pode ser comparado a instituir um plano de saúde para os seus colaboradores. A apólice pode incluir cobertura odontológica e de saúde. Com isso, você contará com colaboradores saudáveis, felizes e motivados para exercerem suas funções.

5. Seguro de vida empresarial

O primeiro objetivo de um seguro de vida empresarial é proteger o capital humano da empresa. Além disso, o colaborador ter a certeza de que a sua família não passará por dificuldades financeiras caso aconteça algo com ele dá muito mais tranquilidade no dia a dia profissional.

Assim, o seguro de vida empresarial é um excelente mecanismo para que sua empresa consiga atrair e reter talentos.

A cobertura básica é para morte natural ou acidental. Caso ocorra o sinistro, há garantia de pagamento do capital contratado na apólice.

É possível também personalizar a cobertura de acordo com as suas necessidades. Entre as coberturas adicionais possíveis estão:

  • invalidez permanente total ou parcial por acidente;
  • diária por incapacidade temporária;
  • reembolso de despesas médico-hospitalares e odontológicas;
  • assistência funeral.

O custo desse seguro é calculado tomando como base a idade de todos os colaboradores da empresa. Assim, quanto maior o número de colaboradores e mais jovens eles forem, menor é o custo por colaborador.

6. Seguro para frota

segurança pública no Brasil é uma preocupação e, nesse contexto, o roubo de cargas é um dos crimes que mais cresceram nos últimos anos. Apenas no estado de São Paulo, foram registrados 8.738 casos de roubo de carga em 2018, ou 24 ocorrências por dia, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública. São números alarmantes e que se repetem nas demais unidades da federação.

Além do prejuízo financeiro para a empresa, esse tipo de acontecimento coloca em risco a segurança de executivos e funcionários. Por isso, o seguro para frota se faz mais necessário do que nunca para proteger os veículos da empresa.

Ele garante não apenas a proteção do patrimônio, mas também a segurança dos funcionários que usarem os veículos da empresa para trabalhar. Entre as coberturas oferecidas estão: colisão, incêndio, roubo e furto, responsabilidade civil facultativa de veículos (danos materiais e corporais) e acidentes pessoais por ocupante.

Assim, com uma única apólice, toda a sua frota fica segura, de forma simples e econômica.

7. Seguro D&O

O seguro D&O é voltado especialmente para os altos executivos das empresas e tem como objetivo proporcionar cobertura para diversas situações pelas quais a sua administração pode ser responsabilizada.

Ficam protegidos diretores estatutários e não estatutários, membros do conselho de administração, membros do conselho fiscal, procuradores com poderes de gestão, advogados que sejam funcionários da empresa e gestores de risco.

Como você percebeu, existem diversos tipos de seguros para empresas e eles são muito importantes para a proteção da companhia e de seus colaboradores.

Quando se pode contratar uma empresa de seguros e contar com esse tipo de proteção, funcionários, gestores e executivos conseguem se dedicar às suas funções com mais empenho, pois sabem que o negócio e eles próprios não ficarão desamparados caso ocorra algum evento danoso na empresa.

Gostou do post? Tem dúvidas sobre os seguros empresariais? Então entre em contato conosco e converse com um de nossos especialistas. Ajudaremos você a encontrar as melhores soluções!

Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Eusebio Garcia

Deixar comentário.

Share This