Seguros

8 motivos para contratar um seguro de vida hoje e proteger sua família

Seguro de vida
Escrito por Eusebio Garcia

O seguro de vida começa a ser levado a sério pelos brasileiros em decorrência da pandemia do coronavírus.

O brasileiro está deixando seu lado histórico de espírito hedonista e está para pensando mais em seu futuro e de sua família. Ainda, com pouca ação, mas em busca de informação.

Dados estatísticos mostram que um terço da população tem ou terá uma doença crônica ou doença grave no decorrer da vida.

Neste artigo você vai entender a importância da proteção financeira e de renda do seguro de vida, e os motivos para que você possa contratar a sua proteção e de sua família.

1. Proteção financeira aos dependentes

Não contrate um seguro de vida pensando em morte.

Contrate-o pensando em vida. Na vida de seus filhos, esposa, pai, mãe, irmãos e demais entes queridos.

A maioria das pessoas sabem que uma apólice de seguro de vida assegura uma indenização aos beneficiários em caso de morte natural ou acidental do segurado, exceto se esta for decorrente de riscos excluídos nas condições gerais.

Esta proteção lhe assegura proteger quem você mais ama, ainda que a vida não lhe permita estar com eles em algum momento. Por mais desconfortável que seja pensar nisso, a falta prematura do provedor da família pode ocorrer e é preciso considerá-la racionalmente.

2. Qualidade de vida em caso de invalidez / doença grave / afastamento temporário

O seguro de vida é extremamente comum em países desenvolvidos como os Estados Unidos, em que 60% da população possui apólices dessa natureza. Já no Brasil, apenas 11% da população possui seguro de vida, índice que vem crescendo e com a pandemia passou a ser procurado com mais frequência.

Muito da resistência ao seguro de vida se dava por aspectos culturais e crendices populares, uma vez que, muita gente acreditava que ter um seguro desse tipo poderia atrair “má sorte”. Outra questão é que havia uma ideia equivocada de que não se poderia usufruir do benefício em vida. Que seria dinheiro jogado fora. Grande equívoco por desconhecimento do que é a proteção de um seguro de vida.

Muita gente se arrepende de não ter contratado quando poderia e passa por algo que poderia ter tido o amparo desta proteção, mas tardiamente, em momentos de fatalidade passa por grandes problemas financeiros.

Muitos desconhecem um dos principais benefícios do seguro de vida que é garantir indenização em caso de invalidez total ou parcial causada por acidente ou doença, garantindo sua renda durante um determinado período para seus cuidados em vida.

Incapacidade temporária e diagnóstico de doenças graves são outras situações (Coberturas) que são desconhecidas pela grande maioria. Estas podem ser adicionadas a cobertura de sua apólice, prevendo acionamento do seguro e o recebimento do capital (valor) contratado, sem burocracia, nessas situações.

Infelizmente, muitas pessoas desconhecem esta perspectiva do seguro de vida.

Pense no caso de um profissional liberal ou autônomo que passa por um problema de saúde e necessite se afastar das atividades de seu trabalho. Se ele foi precavido e se lembrou de contratar um seguro de vida com uma diária de R$ 500,00, ele acionará o seguro e receberá esse valor de diária por até 365 dias. Imprescindível, não acha?

Esta cobertura para profissionais liberais e autônomos se chama DIT – Diária de Incapacidade Temporária. Cobertura que garante a proteção de renda.

 

3. Reembolso de despesas médico-hospitalares e odontológicas

Muitos acham que isso era coisa apenas de seguro saúde, né? Pois bem, contratar um seguro de vida pode garantir também está proteção. Você já deve estar percebendo que são muitos benefícios, não? Nesta cobertura, caso o segurado sofra um acidente e precise ser hospitalizado, o seguro vai cobrir todos os gastos de atendimento (médico-hospitalares e odontológicos).

Esta cobertura é muito importante e fundamental para quem não tem um bom plano de saúde. É uma forma de fazer a sua blindagem financeira.

4. Cobertura de despesas funerais

Este é um tema que dá arrepio? Falar sobre isso é fundamental pois o custo particular é elevado. Esta é a única certeza que temos na vida é que um dia vamos morrer!

Muita gente não gosta de pensar nesta situação e muitas famílias se veem perdidas no momento de maior vulnerabilidade emocional de suas vidas. Ficam sem saber como devem agir e de onde vão levantar recursos financeiros para arcar com este custo que é elevado quando uma tragédia como essa acontece.

Contratando um bom seguro de vida você garante ao menos que seus familiares não terão jamais que se preocupar com essas questões logísticas e financeiras em caso de fatalidade.

A morte é um momento de extrema sensibilidade, em especial quando ocorre de forma prematura. Perde-se o chão e a vida parece congelar; no entanto, as despesas continuam e é preciso que seus amados estejam devidamente protegidos contra esses “capítulos inesperados” de nossa existência.

5. Indenização rápida aos seus familiares

Todo bom planejamento financeiro pessoal ou familiar precisa ter a proteção financeira e de renda de um bom seguro de vida.

Incorporar o seguro de vida como item básico do planejamento familiar, é fundamental para evitar problemas financeiros e delapidação de patrimônio.  

O seguro de vida garante proteção financeira mais rápida aos seus beneficiários, uma vez que o pagamento é feito independentemente do inventário ou da partilha judicial entre os herdeiros, algo que costuma levar bastante tempo.

6. Isenção de Imposto de renda

Um dos poucos investimentos de longo prazo que ficam ilesos às mordidas do Leão. Não há cobrança alguma de impostos de renda. Isso, demonstra o quanto ter um seguro de vida é vantajoso à sua família.

7. Facilidade de inclusão e retirada de beneficiários

Ao contratar uma apólice de seguro de vida você pode determinar os beneficiários que desejar. Pode ser quem você quiser e inserir na apólice quantos beneficiários desejar.

Para incluir os beneficiários basta informar o nome completo, número do CPF, data de nascimento, grau de parentesco, telefone, e-mail e o percentual desejado que o beneficiário irá receber.

Caso não queira indicar os beneficiários o pagamento da indenização será realizada conforme determina o artigo 792 do Código Civil Brasileiro.

” 792 do Código Civil , em contrato de seguro de vida, na falta de indicação do beneficiário, o capital segurado deverá ser pago por metade ao cônjuge não separado judicialmente, e o restante aos herdeiros, obedecendo-se a ordem de vocação hereditária. “

A inclusão, exclusão ou substituição de beneficiários pode ser realizada a qualquer momento no decorrer de vigência da apólice.

8. Flexibilidade na adequação de coberturas e capitais cobertos

A apólice do seguro de vida possibilita a flexibilidade de se adequar coberturas e capitais cobertos.

O segurado pode solicitar ao corretor de seguros a alteração que desejar, no momento que necessitar, quantas vezes precisar, incluir ou excluir coberturas ou elevar ou diminuir o capital coberto.

Isso visa adequar a proteção às necessidades do momento de vida do segurado. Como exemplo, orientamos nossos segurados quando o casal planeja ter filhos.

Orientamos que antes do nascimento de um filho, é de suma importância elevar o capital de morte e acrescentar a esta cobertura as despesas de subsistência deste novo filho e a sua educação até a conclusão da universidade. Isso garantira o novo filho na falta precoce do seu provedor.  

Saiba mais sobre como contratar um bom seguro de vida. Entre em contato com a gente e teremos o prazer em lhe apresentar outros detalhes e benefícios desta proteção!

Nós somos a Alliate, uma consultoria e corretora de seguros que atua com seguros pessoais e patrimoniais. Uma empresa com propósito de cuidar do que é importante para você.

Nossos consultores estão a disposição através do telefone (11) 5018-8900, WhatsApp (11) 98101-2222 ou www.alliate.com.br

Sobre o autor

Eusebio Garcia

Deixar comentário.

Share This