Seguros

Cobertura de plano de saúde empresarial: saiba como escolher o ideal

plano de saúde empresarial
Escrito por Eusebio Garcia

O plano de saúde é um dos benefícios que os colaboradores mais valorizam em uma empresa e, por isso, um importante fator de atração e retenção de talentos. Isso se explica tanto pelo mau estado da saúde pública quanto pelo custo de manter um plano individual ou familiar.

Mesmo que sua empresa seja de pequeno ou médio porte, é fundamental oferecer esse benefício para seus funcionários. Para isso, é muito importante entender como funciona a cobertura plano empresarial. Assim, você pode selecionar a mais adequada para os seus colaboradores, dentro da realidade da empresa.

Neste artigo, vamos explicar melhor os diferentes tipos de cobertura de plano empresarial e o que você deve observar antes de fechar o negócio. Acompanhe!

Quais são as coberturas de plano empresarial?

A cobertura plano de saúde empresarial diz respeito aos procedimentos médicos que estão previstos no contrato, como consultas, exames, internação, parto e cirurgias. A lista mínima de procedimentos obrigatórios é determinada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, atualizado a cada dois anos.

Existem basicamente 4 tipos de cobertura de plano empresarial. Confira abaixo.

Plano de referência

Esse é o plano mais completo: oferece atendimento médico, exames laboratoriais, de imagem, tratamentos, internações hospitalares, obstetrícia e cirurgias. Abrange também urgência e emergência integral apenas 24 horas após a contratação do plano.

Plano ambulatorial

A principal diferença é que esse plano oferece internação hospitalar por um período máximo de 12 horas. Além disso, cobre serviços médicos básicos em clínicas e consultórios e exames, além de consultas médicas de várias especialidades. Tem assistência também para hemodiálise, quimioterapia, radioterapia e cirurgias oftalmológicas, desde que não haja necessidade de internação.

Plano hospitalar

O plano hospitalar é, de certa forma, o contrário do ambulatorial. Ele oferece atendimento hospitalar com internação clinica e cirurgia. Abrange cobertura de todos os serviços necessários para isso, sem tempo máximo de internação, conforme determinado em lei.

Plano ambulatorial e hospitalar com obstetrícia

Esse é igual aos planos ambulatorial e hospitalar, mas inclui atendimentos de pré-natal, internação para o parto, serviços médicos pós-parto e cuidados com o bebê.

O que avaliar na hora de contratar um plano de saúde?

Além da cobertura do plano empresarial, é preciso observar outras questões antes de fechar negócio com uma operadora de saúde. Veja a seguir os critérios que você deve analisar para escolher a melhor opção para os seus colaboradores.

Avalie o atendimento e os serviços

A intenção é melhorar a satisfação dos seus colaboradores e ter o plano de saúde como um diferencial na atração e retenção de talentos. Por isso, é importante que ele ofereça serviços e atendimento qualificados. Caso contrário, existe o risco de o efeito ser o contrário do esperado. Dessa forma, não deixe de avaliar previamente a qualidade do atendimento, abrangência da rede credenciada,…etc.

É importante também investigar a própria operadora ou seguradora. O site da ANS publica listas com as pontuações e informa quais recebem mais reclamações. Lá é possível checar se algum plano foi suspenso, se houve algum tipo de comercialização ilegal e se ela cumpre prazos e pagamentos.

Além disso, faça uma busca pelo nome da operadora no noticiário e verifique se há algo que possa desaboná-la, como notícias de fraudes, reajustes abusivos ou mesmo reclamações frequentes de usuários.

A forma mais fácil de contratar um plano de saúde para compor a cesta de benefícios dos funcionários é por intermédio de uma corretora de seguros habilitada junto a SUSEP. A corretora é especializada neste tipo de analise e irá ofertar o melhor opção dentro do budget e perfil dos funcionários e da empresa 

Conheça o perfil dos seus colaboradores

Para contratar o plano mais adequado para os seus colaboradores, é essencial conhecer o perfil deles. Colete informações, como: gênero, idade, endereço, estado civil e número de filhos. Para isso, você pode usar as informações que o RH já tem e fazer questionários para complementar os dados.

É preciso levar em consideração também se o tipo de trabalho que exercem favorece o surgimento de determinadas doenças, informar a relação de afastados com CID – Código Internacional de Doenças no caro de planos acima de 100 beneficiários. 

Verifique a rede credenciada do plano de saúde empresarial

Essa é uma questão muito importante para os seus colaboradores. Contar com uma rede credenciada de qualidade e localizada perto de onde eles moram é fundamental.

Por isso, antes de contratar o plano, cheque quais são os hospitais, laboratórios e clínicas que estão disponíveis e verifique quais são hospitais e se cobrem atendimento em pronto-socorros, internações e exames complementares determinados pela ANS.

Informe-se sobre benefícios adicionais

Muitos planos oferecem benefícios adicionais, como orientação nutricional e de atividades físicas, que funcionam bem como saúde preventiva. Existem também aqueles que têm programas de promoção a saúde para redução da obesidade, ou prevenção do uso de álcool, nicotina e drogas.

Esses benefícios voltados para a qualidade de vida do colaborador são muito importantes para a empresa e ajudam também a reduzir o número de faltas e a aumentar a produtividade dos funcionários, uma vez que as pessoas produzem mais e melhor quando estão saudáveis. Por isso, têm um impacto direto nos resultados da companhia.

Analise bem o contrato

Entenda exatamente o que está contratando e não hesite em questionar o seu corretor. Verifique questões como período de carênciaíndice de reajuste da mensalidade, que normalmente ocorre uma vez por ano.

Esse é um ponto importante, uma vez que não há nenhum limite de reajuste imposto pela ANS nos planos empresariais, o que deixa a definição exclusivamente para as operadoras. Se conseguir, veja quais foram os índices que ela praticou nos últimos anos com os demais segurados.

É muito ruim para a empresa e para os colaboradores que, depois de um ano, chegue um reajuste muito alto, que encareça demais o produto.

Conte com um corretor de confiança na contratação de um plano de saúde empresarial

O corretor é o seu grande suporte nessa escolha. É ele quem vai poder orientar você sobre os planos mais adequados para a sua empresa, selecionar as operadoras de saúde que conseguem atender as suas necessidades e que prestem um serviço de qualidade.

A Alliate tem vasta experiência e expertise nessa área e é a parceira ideal para ajudar a sua organização a encontrar o melhor plano de saúde empresarial.

Agora você já sabe como funciona a cobertura plano empresarial e o que você deve observar antes de contratar um plano. Não se esqueça de que esse é um assunto muito importante para os seus colaboradores e um grande trunfo para atrair e reter talentos.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Então, entre em contato conosco agora mesmo e veja como podemos ajudar!

Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Eusebio Garcia

Deixar comentário.

Share This