Seguros

Fique por dentro das maiores vantagens de um seguro individual

Proteção financeira
Escrito por Eusebio Garcia

Se você trabalha em uma empresa, é provável que ela ofereça aos seus colaboradores um seguro de vida como um dos itens do pacote de benefícios. Esse é o seguro de vida em grupo, o que quer dizer que as coberturas que ele oferece são iguais para todos os empregados da organização.

Embora isso, certamente, seja um benefício e uma proteção para o trabalhador, ele tem suas limitações. Por isso, é muito importante contar também com um seguro individual, no qual você pode contratar as coberturas que façam sentido para o seu caso específico.

Neste post, explicaremos melhor as diferenças do seguro em grupo para o seguro individual e mostrar os benefícios que este último pode proporcionar. Confira!

Quais as diferenças entre um seguro de vida em grupo e um seguro individual?

Como dissemos no começo deste texto, uma das principais diferenças do seguro de vida em grupo em relação ao individual é que o primeiro é contratado pela empresa para todos os seus colaboradores, com as mesmas coberturas.

Isso significa que ele não leva em consideração as necessidades específicas das pessoas na hora de escolher as coberturas. Além disso, elas costumam ser bastante limitadas, para que o valor do contrato fique dentro do orçamento previsto para esse fim.

Além disso, existe uma outra diferença importante: o seguro de vida só fica vigente enquanto o colaborador estiver na empresa. Se ele sair por algum motivo, perde o benefício.

Quais as vantagens de contratar um seguro individual?

Já vimos acima duas grandes vantagens de contratar um seguro individual: a possibilidade de escolher quais as coberturas que fazem mais sentido para você e a garantia de que não ficará desprotegido caso saia daquele emprego.

Muita gente ainda pensa que o seguro de vida cobre só morte e que, portanto, é importante apenas para quem tem dependentes. No entanto, isso não poderia estar mais longe da verdade.

Ele é importante, sim, para proteger os dependentes e garantir um bom futuro financeiro para a família, mas também é uma forma de proteção para o próprio segurado. Isso porque é possível contratar outros tipos de cobertura, como:

  • invalidez permanente decorrente de acidentes ou de doenças;
  • reembolso de despesas médicas e hospitalares;
  • diária por incapacidade temporária;
  • doença congênita dos filhos;
  • doenças graves.
  • Assistência funeral

Assim, em caso de uma doença grave, como um câncer, o segurado recebe o valor contratado na apólice e tem muito mais tranquilidade para se tratar sem ter que se preocupar com questões financeiras.

Vale lembrar que, muitas vezes, a pessoa precisa ficar afastada do trabalho durante o tratamento, passando a receber pelo INSS, o que pode significar uma queda na renda, já que o valor pago pela previdência social tem um teto. Dessa forma, o valor pago pelo seguro pode tanto servir para complementar a renda quanto para auxiliar no pagamento do próprio tratamento.

Como contratar e o que observar?

Para contratar um seguro individual, fale com um corretor de seguros da Alliate. Ele entenderá exatamente quais são as suas necessidades e ajudará você a montar uma apólice com todas as coberturas que sejam adequadas para você — e apenas essas, deixando de fora o que não fizer sentido.

É importante também observar alguns aspectos antes de contratar. Leia atentamente o contrato e entenda exatamente quais são as condições que estão contidas ali, quais são as coberturas, em que caso podem ser acionadas e qual o valor de cada uma delas, para evitar surpresas desagradáveis no futuro.

Agora, você já sabe quais são as vantagens do seguro individual e como ele pode ser um instrumento efetivo para proteger você e sua família.

Gostou do artigo e quer saber mais? Então aproveite para continuar sua leitura e conheça 4 motivos para contratar um seguro de vida empresarial!

Sobre o autor

Eusebio Garcia

Deixar comentário.

Share This