Seguros

Qual a diferença entre plano de saúde e seguro saúde? Venha descobrir!

plano de saúde
Escrito por Eusebio Garcia

Obviamente, no Brasil, a assistência médica é dever do Estado e um direito de todos. Todavia, para o seu desenvolvimento o país ainda encontra bastantes obstáculos em oferecer um atendimento de qualidade. Tanto o plano de saúde quanto o seguro saúde privado tem como finalidade prestar assistência médica e hospitalar.

O plano de saúde e o seguro saúde podem ser contratados tanto por pessoa física e jurídica. O contrato para pessoas jurídicas engloba um grupo de pessoas ligadas a ela (Sócios, Funcionários CLT, Estagiários e Prestadores de Serviços PJ) e seus respectivos dependentes.

A principal diferença técnica entre eles é que o plano de saúde tem o atendimento com foco em rede própria. Já o conceito do seguro saúde é o reembolso das despesas médicas e hospitalares.

As distinções entre eles não param por aí! Na hora de contratar um plano de saúde ou um seguro saúde, é muito importante saber tudo a respeito sobre a diferença entre eles.

Pensando nisso, neste post listaremos algumas diferenças entre plano de saúde e seguro saúde. Acompanhe!

Carências

É o período no qual o cliente não tem direito a determinados serviços. É essencial que o usuário tenha ciência dos prazos de carência do plano. Para urgência e emergência, ela esta garantida já no primeiro dia de vigência do contrato. Por outro lado, em caso de exames, consultas ou internações, o prazo geral passa a ser de 60 a 180 dias. Internação clinica e cirúrgica é de 180 dias. Já para partos, é de 300 dias.

Tipo do Plano

O plano de saúde pode ter diversos tipos: plano ambulatorial, plano referência, plano odontológico, plano hospitalar sem obstetrícia ou plano hospitalar com obstetrícia. Já o plano referência apresenta assistência ambulatorial, obstetrícia e hospitalar.

O plano ambulatorial assegura os atendimentos de consultas, procedimentos terapêuticos e diagnósticos para os casos em que não seja preciso internação hospitalar.

E o plano hospitalar sem obstetrícia proporciona os atendimentos e procedimentos realizados ao longo da internação hospitalar, exceto obstetrícia, e não tem cobertura ambulatorial.

Já o plano hospitalar com obstetrícia assegura o mesmo que o anterior e conta também com os procedimentos ligados ao parto. E o plano odontológico apresenta procedimentos odontológicos realizados em consultório. É possível realizar combinações entre os diferentes tipos de planos, preferindo aquele que seja mais adequado com as demandas das empresas.

Amplitude do contrato

É possível solicitá-la à rede credenciada, à seguradora ou à empresa do plano de saúde. É fundamental averiguar se o plano ou seguro abrange os locais de sua preferência, se cobre outros estados, se a sua cidade não tem muitos hospitais de referência ou se a sua família tem o costume de viajar frequentemente.

Isso é muito importante, pois, se houver um imprevisto de certa gravidade, será possível que a sua família seja atendida nos melhores hospitais. Todavia, não é qualquer plano que assegura esse benefício. As operadoras apresentam diversos planos com diferentes abrangências de coberturas, por esse motivo, é essencial analisar bem as condições do plano contratado.

Além disso, é primordial observar o histórico de doenças da família para apontar quais coberturas são cruciais e quais são os hospitais especialistas no assunto, para assegurar que a cobertura delas esteja inclusa em seu plano.

Exames

O plano de saúde e o seguro saúde têm o mesmo objetivo: disponibilizar assistência médica e hospitalar aos seus clientes. A diferença é que, no caso do seguro saúde, o beneficiário oferece liberdade de escolha de hospitais, médicos e laboratórios.

Com o seguro saúde é possível procurar por entidades e profissionais que não sejam conveniados. É válido por todo o país o reembolso com gastos médicos neste serviço, todavia, o valor vai variar de acordo com o tipo de seguro e plano contratado.

Já no plano de saúde, são os profissionais e estabelecimentos credenciados pela operadora que prestam serviço de assistência médica aos segurados.

Rede

No seguro de saúde, a instituição disponibiliza uma rede de atendimento e da o direito a atendimento de médicos, clinicas, laboratórios e hospitais em livre escolha. O fato é que ele é um contrato de seguro que reembolsa o usuário pelas despesas médicas referentes a exames laboratoriais, consultas, cirurgias, tratamentos diversos, etc. Dessa forma, o segurado fica livre para escolher a instituição médica ou o profissional desejado caso não queira utilizar os recursos credenciados.

O plano de saúde é disponibilizado por operadoras médico-hospitalares, capazes de oferecer serviço conforme a rede de atendimento credenciada, que pode estar em âmbito regional ou nacional.

Em suma, quem tem um plano de saúde, fica limitado a hospitais e médicos cadastrados. Devido ao fato de permitir a livre escolha, o seguro saúde dá uma liberdade maior ao segurado, que além da rede referenciada pode escolher médicos ou hospitais onde deseja ser atendido.

Reembolso

Os seguros saúde podem apresentar valores distintos de reembolso. A quantia máxima de reembolso é determinada no momento da contratação do plano e quanto mais cara a mensalidade, maior será o reembolso do seguro.

 

Coparticipação

Tanto os planos de saúde quanto os seguros saúde podem em alguns casos ter coparticipação. Assim, ao se consultar ou realizar exames, o usuário faz uma contribuição com um determinado valor, além de realizar o pagamento da mensalidade do plano. Nesse tipo, a mensalidade é menor, por esse motivo quem não faz tantas consultas ou exames, geralmente gasta menos.

Caso o beneficiário utilizem com mais frequência consultas e exames, o plano com coparticipação não é recomendado. Neste caso, deve-se verificar um plano sem a coparticipação.

Por fim, é essencial saber a diferença entre plano de saúde e seguro saúde, além de conhecer todo o conteúdo das cláusulas contratuais e suas determinações relativas às coberturas, carências, reembolsos, profissionais credenciados, etc.

Dessa forma, antes de escolher entre um plano de saúde e um seguro de saúde, fale com a gente e lhe daremos todas as orientações para que você possa decidir pelo serviço que melhor atenda às suas expectativas e necessidades.

Gostou do artigo sobre as diferenças entre plano de saúde e seguro de saúde? Então não perca tempo, compartilhe este texto em suas redes sociais e faça com que outras pessoas fiquem por dentro do assunto!

Sobre o autor

Eusebio Garcia

Deixar comentário.

Share This