Gestão de Pessoas

Promoção da saúde mental: como implementar essa estratégia na empresa

saúde mental
Escrito por Eusebio Garcia

Por mais que as empresas estejam vivendo um momento de grande inovação tecnológica, elas estão cada dia mais cientes de como é importante cuidar da saúde de seus funcionários. É preciso que a saúde esteja no centro do planejamento estratégico para que os empreendedores assumam um papel cada dia mais relevante na gestão de saúde em geral, procurando opções e ações de promoção da saúde mental e garantia de bem-estar no ambiente de trabalho.

Até 2020, a depressão será a doença mais incapacitante de todo o mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Além disso, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) calcula que de 20% a 25% da população já apresentaram, apresentam ou apresentarão a doença alguma vez na vida. Haja vista a gravidade do problema, é de suma importância que as empresas disponibilizem ações para evitar que esse distúrbio acometa seus funcionários.

Pensando nisso, neste post falaremos sobre boas práticas que a empresa deve ter ao elaborar campanhas de conscientização. Confira!

Reduzir estresse relacionado ao trabalho

É preciso distribuir muito bem as tarefas, para evitar que os funcionários fiquem sobrecarregados. Isso pode elevar o estresse e diminuir a qualidade das entregas. É importante manter um número adequado de funcionários na equipe, a fim de que o volume de atividades seja justo para todos.

O fato é que problemas ligados ao estresse refletem de forma direta na perda de produtividade. Ansiedade, estresse e depressão apresentam um impacto negativo na produtividade de um funcionário. Por esse motivo, é preciso que a empresa tenha opções para reduzir essas incidências, otimizando o foco e a eficiência do trabalhador.

Tomar medidas preventivas

O fato é que a instituição deve atuar para que o ambiente corporativo não seja a causa de transtornos mentais nos seus funcionários. A fim de executar uma boa ação de promoção da saúde mental, é preciso implantar um clima interno positivo, desenvolver bons líderes e proporcionar um equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. É possível realizar isso com medidas como home-office ou horários flexíveis, por exemplo.

Realizar atividades corporativas de bem-estar

Há campanhas que o RH pode implementar para garantir a saúde geral dos funcionários, como:

  • campanhas anti-tabagismo;

  • ginástica laboral nas empresas;

  • incentivo às aulas de ginástica;

  • recompensas caso consigam atingir pequenas metas.

Além disso, é possível complementar essas ações com:

  • integração de equipes;

  • exercícios e atividades de formação;

  • orientação ou promoção de uma alimentação saudável.

Tudo isso contribui, de forma direta e indireta, com a qualificação da saúde mental no trabalho. Além disso, são medidas capazes de auxiliar na formação de uma cultura organizacional voltada para a qualidade de vida dos funcionários — o que produz uma percepção de marca interna e externa mais forte.

Criar eventos de interação social, como happy hours, festas e grupos esportivos, também auxilia na maximização da qualidade de vida no trabalho. É de suma importância cultivar bons relacionamentos com os colegas, a fim de deixar a rotina muito mais leve, pois essa conexão motiva a criação de vínculos e a otimização do trabalho em equipe.

Contratar seguro saúde

Uma organização pode optar por um seguro saúde que englobe todos os seus funcionários. Ele apresenta garantias para trabalhadores independentemente de seus cargos, sendo financeiramente muito mais atraente para a empresa. Além de atendimento garantido, seus colaboradores ainda têm descontos na compra de medicamentos em redes credenciadas, aconselhamento médico com profissionais por meio de chat online e central telefônica, além de outros benefícios.

Prevenir riscos

Doenças ocupacionais são as doenças relacionadas à atividade do trabalhador. As mais comuns são asma, surdez, dermatose e as lesões por esforço repetitivo (L.E.R). Vários elementos colaboram para que o trabalhador contraia alguma doença em seu ambiente de trabalho, desde um ambiente nocivo até uma simples cadeira de escritório desajustada.

Existe uma forte ligação entre a ergonomia e a produtividade, pois quanto mais confortável for o ambiente de trabalho, mais eficiente é o profissional. Por essa razão, é muito importante que a empresa realize as melhorias ergonômicas que foram necessárias, ajustando o ambiente ao trabalhador. As práticas a serem executadas são muito diferentes e cada organização tem seus pontos fracos a serem otimizados.

Estabelecer a comunicação aberta entre os líderes e os seus funcionários

É importante ressaltar que a promoção da saúde mental no trabalho também pode ser realizada com ações simples, mas de enorme impacto: a comunicação aberta, eficiente e transparente é um ótimo exemplo. Para isso, é possível programar check-ins regulares e mobilizar discussões equilibradas para construir a confiança e a comunicação da cultura positiva no local de trabalho.

Para muitos gestores, essa pode ser uma linha tênue, mas a capacitação e o treinamento de funcionários possibilita que eles façam isso naturalmente e percebam os benefícios. Um exemplo disso é que eles passam a conhecer seus colaboradores em um nível mais intimista e individual, começam a analisar sinais de mudanças positivas nessa relação e, com isso, na rotina de trabalho.

Logo, a partir do momento em que os líderes da empresa aprendem mais e compreendem os seus colaboradores, é possível abrir linhas de comunicação que solucionam questões desconhecidas. Com isso, acham soluções que auxiliam na saúde mental no trabalho e, ao mesmo tempo, constituem confiança e lealdade.

O segredo é garantir aos colaboradores que não será feito nenhum julgamento. As empresas, inclusive, podem e devem proporcionar tranquilidade e encorajamento ao demonstrarem clareza e transparência sobre o programa de desenvolvimento de líderes com relação à promoção da saúde mental.

Por fim, empreendedores e gestores que implantam medidas para promoção da saúde mental no local de trabalho obtêm altos ganhos de produtividade com suas equipes dentro da organização. Além disso, essa estratégia promove a retenção de talentossatisfação do funcionário, entre outros benefícios. Logo, é muito importante ter em mente que o sucesso da instituição depende do trabalho dos colaboradores e que para que a execução das atividades seja a melhor possível, eles devem estar em ótimas condições para tal.

Você gostou do nosso post sobre promoção da saúde mental? Então aproveite para assinar a nossa newsletter e comece a receber as nossas atualizações em sua caixa de entrada!

Sobre o autor

Eusebio Garcia

Deixar comentário.

Share This