Seguros

Seguro de vida e as proteções que você tem em vida

Vida_Amor_Seguro
Escrito por Eusebio Garcia

Imprevistos acontecem e esta proteção é para estes momentos.

Quando falamos em seguro de vida fazemos relação com a morte e isso é um grande equívoco. A proteção do seguro de vida tem muitas garantias que vão além e vão lhe proteger em vida.

Um terço da população tem ou terá uma doença crônica ou uma doença grave no decorrer da vida. Este é um dado estatístico, portanto, um fato!

As garantias em vida são:

  • Invalidez por acidente
  • Invalidez por doença
  • Doenças graves
  • DIT – Diária de Incapacidade Temporária
  • Despesas médica, hospitalares e odontológicas
  • Diagnóstico de câncer
  • Diária por Internação Hospitalar

As coberturas em vida são as coberturas para a sua qualidade de vida. Um presente que você pode se dar caso algo ocorra e até mesmo você receber renda caso não possa temporariamente trabalhar como fazem milhares de médicos que depende de sua presença no consultório.

Por fim as coberturas pós morte que são as garantias para amparar quem você ama e quer bem como cônjuge, filhos, pais, irmãos ou que você desejar.

As garantias pós morte são:

  • Morte natural (Doenças)
  • Morte acidental
  • Assistência funeral

O seguro de vida é para ser feito quando se tem saúde e não quando já se tem uma doença grave. Neste caso as seguradoras não vão aceitar o seguro em decorrência de ser um risco certo.

Culturalmente quando pensamos em seguro, pensamos em dinheiro jogado no lixo. Porém, se algo ocorrer com você não haverá ninguém a não ser o seu corretor de seguro que irá levar um cheque para você em caso de uma invalidez, ou levar o cheque para sua família caso você venha faltar prematuramente. Este é outro fato!

Devido a esta cultura equivocada, muita gente passa sérios problemas e estes impactam seriamente e comprometem a vida financeira de pessoas e família.

Até julho de 2021, tivemos 72.043 vidas indenizadas na pandemia. Indenizações que superam R$ 3.1 bilhões.  Amparo ainda pequeno devido a cultura do brasileiro e relação ao seguro. Um número muito pequeno de pessoas acometidas pela covid-19 com cobertura desta proteção, frente a mais de 500 mil vidas sem a proteção. 

A pandemia tem gerado milhares de órfãos sem a proteção do seguro de vida. Imagine o drama e problema que vão ter que enfrentar. 

Não ter a proteção financeira do seguro de vida influencia em pontos como:

  • Queda do padrão de vida (Empobrecimento)
  • Impacto na subsistência (Alimentação precária)
  • Queda na qualidade educacional deixando de estudar em colégios de qualidade e ter que migrar para o ensino público
  • Não conseguir arcar com custas de inventário e despesas com advogados. Custos frente ao patrimônio de 10% a 20%
  • Em caso de uma invalidez se tornar um peso para a família, passando a ser um problema social onde precisará de ajuda de parentes e amigos para a sobrevivência.
  • Em caso de impossibilidade de trabalhar, não conseguir honrar com as contas mensais (Aluguel, agua, luz, escola dos filhos, …contas diversas)  
  • Não poder contar com recurso financeiro para tratar uma doença grave com os melhores médicos e hospitais do mundo
  • Ter que contar com amigos e familiares para realizar o funeral e comprar o jazigo que hoje está despesa gira em torno de R$ 25.000,00
Seguro de vida

Seguro de vida

Com o envelhecimento nossos riscos aumentam exponencialmente. Esta proteção fará toda diferença em momentos que todos nós não queremos passar.

Boa parte da população sofre privações por falta de educação e por não ter a proteção de um bom seguro de vida que garante a proteção financeira e de renda que todos nós precisamos.

Ter uma análise simplista e focando apenas o custo da proteção é um equívoco que pode arruinar a sua vida. Ao invés de ter este olhar, você já parou para pensar quanto custa não ter a proteção de um bom seguro de vida?

“Você já parou para pensar quanto custa não ter um seguro de vida?”

 

Esta proteção pode ser feita para atender o seu momento de vida. Ela pode ser ampliada com o tempo, assim, garantindo maiores garantias.

Recomendamos a ampliação com o envelhecimento, casamento ou com a chegada de um filho por exemplo.

Como mencionado no inicio deste artigo, dados estatísticos nos mostram que uma em cada três pessoas vão desenvolver ao longo da vida uma doença crônica ou uma doença grave.  Estatisticamente, a probabilidade é de 33,33%, índice de risco muito elevado.

O seguro de vida é uma aposta que a seguradora já perdeu! O segurado sempre vai ganhar.

Ao ler este artigo você passou a ter informação da importância desta proteção. Agora é com você!

Para contratar esta proteção personalizada para você Clique aqui! 

Nós somos a Alliate, uma consultoria de benefícios e corretora de seguros que atua com seguros pessoais e patrimoniais. Uma empresa com propósito de cuidar do que é importante para você.

Fonte sobre os dados de indenizações as vitimas da Covid-19: SINCOR SP

Sobre o autor

Eusebio Garcia

Deixar comentário.

Share This