Seguros

Seguro empresarial: tudo o que você precisa saber

Seguro empresarial
Escrito por Eusebio Garcia

Uma das atribuições de um profissional de RH e do gestor de riscos da empresa é investir em meios para buscar a satisfação e a segurança dos colaboradores. Por falar nisso, você sabe o que é seguro empresarial e como ele reflete nos resultados da empresa?

Primeiro, tenha em mente que qualquer empreendimento está sujeito a imprevistos que impactam direta e negativamente no patrimônio da empresa. Mesmo com ações preventivas, planejamento e boa administração, ninguém está livre de certos infortúnios.

E não pense que as perdas são apenas nos recursos materiais. Em caso de acidentes de trabalho, por exemplo, na maioria das vezes a empresa assume a responsabilidade civil. Isso significa que ela arca com custos de hospital e indenização aos trabalhadores acidentados.

Diante da importância desse investimento, preparamos este artigo com tudo o que você precisa saber a respeito. Continue lendo!

O que é seguro empresarial?

É um seguro voltado para a proteção do patrimônio da empresa, razão pela qual só pode ser contratado por pessoa jurídica com um patrimônio a zelar, tanto material quanto civil. Em outras palavras, trata-se de uma apólice que protege o empreendimento contra riscos como explosões, enchentes, doenças, furtos, roubos e acidentes.

Um incêndio também é um exemplo que cabe nessa realidade. Aliás, não é raro vermos nos noticiários patrimônios que sofreram as consequências dessa tragédia. Podemos citar o caso do Museu Nacional, em 2018, no Rio de Janeiro, que deixou perdas irreparáveis. E uma empresa privada também está sujeita a esses impactos.

Outros acontecimentos, como destelhamentos, também podem ocorrer e exigem ações rápidas. Do contrário, a empresa tem seus equipamentos danificados, fica com a produtividade comprometida, entres outros transtornos.

Tendo isso em vista, cada vez mais gestores estão optando pela contratação do seguro empresarial. Essa é uma forma de minimizar os riscos e, assim, manter o equilíbrio econômico do negócio, além do bem-estar de seus funcionários.

Ele é válido para todo tipo de empresa?

O seguro empresarial é válido para qualquer gestor que queira proteger sua companhia e seus funcionários. Portanto, abrange comércios em geral, clínicas, consultórios, fábricas e muitos outros modelos de negócios, como micro e pequenas empresas.

Estas últimas se beneficiam dele, principalmente, porque não costumam contar com uma estrutura mais robusta. Roubos e danos elétricos em empreendimentos desse porte, por exemplo, podem dificultar ainda mais o retorno do empreendedor à ativa.

Quais as coberturas do seguro empresarial?

O seguro empresarial oferece a cobertura básica e as coberturas adicionais. Vamos falar sobre cada uma delas separadamente.

Cobertura básica

A cobertura básica é de contratação obrigatória para se iniciar o processo de seguro empresarial. Ela é, portanto, o ponto inicial e sem o qual não há que se falar nesse tipo de seguro. No quesito benefício, a companhia ganha proteção contra danos provocados por incêndio, raio e explosão.

O valor a ser indenizado, por sua vez, deve corresponder ao total que seria despendido para eventual reconstrução do imóvel.

Estão inclusos nessa conta, entre outros itens que existirem no local:

  • parte estrutural;
  • acabamento;
  • móveis;
  • veículos operacionais;
  • ferramentas;
  • máquinas;
  • matéria-prima.

Enfim, seria o necessário não só para reconstruir o imóvel, mas também para colocar a empresa em funcionamento novamente. Vale frisar que, para ter direito, o incêndio pode ser iniciado dentro ou fora do estabelecimento, seja qual for o motivo. Isto é, são fatos que nem sempre podemos identificar a tempo.

Apesar dessa flexibilidade, existe uma restrição: o dano intencional exclui o direito à indenização. Assim, é importante notar que sempre será feita uma investigação apurada, a fim de entender a procedência do evento.

Já em caso de dano provocado por raio, a regra é que ele deve cair no estabelecimento, e não nos seus arredores. E, por fim, os danos provocados por explosão devem ser decorrentes de gás ou combustível utilizado nos equipamentos, desde que aconteça dentro do terreno segurado.

Coberturas adicionais

Depois que o empresário contrata a cobertura básica, ele também pode se valer das coberturas adicionais ou acessórias para maior proteção ao negócio. Elas se dividem, predominantemente, em três grupos.

Primeiro grupo

Refere-se aos seguros que cobrem eventuais pagamentos decorrentes de indenizações em razão da responsabilidade civil da empresa. Apenas para melhor compreensão, esse conceito consiste na obrigação da pessoa, física ou jurídica, de indenizar aquele a quem tenha causado danos ou prejuízos, materiais e/ou morais, por seus atos ou omissões.

seguro de responsabilidade civil contratado pode se referir ao dever do empregador de recompensar quem sofreu perdas, avarias e danos decorrentes da prestação de serviços, nos estabelecimentos comerciais e nas obras civis.

Ou seja, a empresa, como pessoa jurídica, precisará indenizar os funcionários ou terceiros que foram vítimas de um acontecimento de implicações negativas. Alguns exemplos dessas ocorrências são roubos de bens ou veículos e acidentes de trabalho.

Essa apólice é considerada fundamental por prevenir o negócio contra processos judiciais, os quais crescem cada vez mais nas cortes do país. E, dependendo dos danos e do valor da causa, a consequência para o gestor desprotegido é a falência.

A escolha da cobertura deve ser feita de acordo com o tipo de empreendimento. Além disso, geralmente, há o reembolso das quantias pelas quais a empresa possa ser responsabilizada civilmente por prejuízos ocorridos nas suas dependências.

Segundo grupo

O primeiro, como vimos, se refere às indenizações civis. Já aqui, incluem-se os seguros com o objetivo de proteger o empresário e os empregadores contra eventuais doenças, lesões ou morte. As consequências dessas ações sobre funcionários e a própria empresa também entram na equação.

Entre os seguros desse grupo, podemos citar:

Terceiro grupo

Por fim, este é composto pelos seguros que protegem a empresa contra eventuais prejuízos e danos causados aos seus bens ou ao próprio negócio, por eventos diversos.

Entre eles, podem ser contratados os seguros contra:

  • danos elétricos;
  • impacto de veículos terrestres;
  • quebra de vidros, painéis e fachadas;
  • perda ou pagamento de aluguel;
  • lucros cessantes;
  • alagamentos e danos causados pela entrada de água;
  • desmoronamento de parte estrutural do imóvel;
  • roubo ou furto;
  • mercadorias em trânsito;
  • descumprimento de contratos e quebra de máquinas.

A contratação dessas coberturas pode ser feita em conjunto ou isoladamente, de acordo com o interesse e a necessidade da empresa.

Outro detalhe é que, independentemente da cobertura escolhida, a assistência da seguradora é 24 horas.

Qual o preço do seguro e seu custo-benefício?

O seguro empresarial é calculado, inicialmente, sobre a totalidade das coberturas a serem contratadas. A partir daí, a seguradora analisa a probabilidade de ocorrência de sinistro e, em eventual acionamento, de atingir o dano máximo. Assim, quanto maior a chance de acionar o seguro, maior será o valor do prêmio.

Para verificar a probabilidade de acionamento, a seguradora analisa dados da empresa, os sinistros já ocorridos, a localização e outros detalhes que podem influenciar o maior risco a que a companhia está exposta. Logo, o preço do seguro varia bastante em função das contratações e do risco de ocorrência de sinistro.

Ainda assim, o seguro empresarial (como qualquer outro) é vantajoso em todos os sentidos. Isso porque, em caso de deteriorações, a empresa não terá redução patrimonial nem mesmo alteração no equilíbrio econômico-financeiro, uma vez que as perdas inesperadas ficam transferidas para a seguradora.

Essa proteção ao patrimônio e a minimização de prejuízos são vantajosas para todos os empreendimentos, principalmente para os de pequeno porte. O motivo, como já falamos, é que um impacto financeiro negativo nas contas de uma micro ou pequena empresa é ainda mais significativo, o que pode levá-la à falência.

Somado a isso, é importante pensar na segurança dos colaboradores, que estarão amparados se ocorrerem imprevistos. Além do mais, uma proteção assim ajuda a manter a produção da empresa, ainda que em situações adversas. Adquirir um seguro desses, então, é sinônimo de tranquilidade.

Como é a contratação do seguro empresarial?

Como dito anteriormente, esse seguro oferece vários tipos de coberturas para a proteção contra os mais distintos danos. Diante de tantas opções de apólices, é fundamental contar com a assessoria de um corretor de seguros na hora da contratação.

Esse profissional é capaz de analisar os riscos aos quais cada negócio está sujeito e, assim, orientar o empresário no sentido de optar somente pelas coberturas necessárias. Ele também pode alertar o cliente sobre os riscos existentes. Ou seja, chamar a atenção para proteções que devem ser contratadas e que passariam despercebidas.

Além disso, o especialista tem experiência suficiente para instruir a empresa. Instruir quanto à viabilidade da contratação de apólice com pagamento de franquia. Nesse caso, deve ser analisado o tanto que ela está disposta a pagar, assim como a consequência na redução do valor do prêmio.

Saber quais riscos um empreendimento corre e do que ele está livre faz o gestor ter ações de coordenação mais direcionadas. Rentabilidade, produtividade e segurança dos funcionários são aspectos influenciados por essa decisão e não podem ser negligenciados.

Assim, para ver a empresa prosperar e contar com colaboradores engajados, é preciso entender o que é seguro empresarial e tudo o que envolve esse investimento. Com as suas distintas coberturas, ele é uma segurança ao patrimônio e às contas do negócio, na medida em que impede impactos financeiros negativos.

A Alliate é uma empresa com mais de 10 anos de experiência e que se compromete com a entrega das melhores soluções em seguros e benefícios corporativos. Entre em contato conosco e faça uma cotação das apólices ideais para o seu caso!

Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Eusebio Garcia

Deixar comentário.

Share This