Seguros

Seguro viagem internacional: Entenda como funciona.

seguro viagem internacional
Escrito por Eusebio Garcia

Fazer uma viagem internacional é sempre um momento de alegria. Todavia, alguns imprevistos podem acontecer a qualquer hora e em qualquer lugar. Por isso, além de se preocupar com passagens, reserva de hotel e roteiros, é fundamental pesquisar e contratar um seguro viagem internacional.

Para entender um pouco mais sobre o que é este seguro, o que ele cobre e por que ele é tão importante, continue a leitura! Ao final, você estará certo de que viajar sem um é um risco que você não pode correr.

O que é o seguro viagem internacional?

Como o plano de saúde é válido apenas em território nacional, fazer um seguro viagem é fundamental, já que em alguns países, ele já é obrigatório.

O seguro garante ao beneficiário o pagamento de uma indenização, até o limite do valor contratado, em caso de ocorrência de algum dos riscos cobertos durante a viagem. Para tanto, o segurado deve contratar o seguro para o destino e durante o período determinado.

Nesse sentido, se houver o sinistro, como necessidade de atendimento médico, por exemplo, o segurado pode se dirigir ao hospital de sua escolha e realizar o atendimento necessário. Depois, basta apresentar à seguradora o comprovante de atendimento para que seja feito o reembolso, conforme o limite do valor contratado.

Quais são as coberturas do seguro viagem?

Dependendo do tipo de serviço contratado, o seguro de viagem pode oferecer coberturas básicas e adicionais. Veja agora quais as coberturas básicas mais importantes: 

Despesas com saúde: despesas hospitalares, médicas e odontológicas, por motivo de acidente pessoal ou de enfermidade durante a viagem;

Traslado médico: se houver a necessidade de transferência do segurado enfermo para outra clínica ou hospital;

Regresso sanitário: regresso do segurado enfermo, quando houver necessidade de cuidados especiais;

Traslado de corpo: transporte do corpo do segurado, em caso de falecimento;

Invalidez: permanente total ou parcial, por acidente em viagem;

Morte e morte acidental: o recebimento de indenização, em caso de morte natural ou acidental durante a viagem.

As seguradoras ainda oferecem coberturas adicionais, como indenização em caso de roubo ou extravio da bagagem, indenização das passagens em caso de regresso antecipado e em eventual cancelamento de viagem.

Quando e como contratar o seguro viagem internacional?

Para segurança do viajante, esse seguro deve ser contratado para toda viagem internacional. Em alguns casos, no entanto, esse seguro já é obrigatório, como nas viagens para Cuba, Emirados Àrabes e Turquia. Além deles, a maioria dos países da União Europeia também exige um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros.

Já os Estados Unidos, não exigem o seguro. Ainda assim ele é recomendado, pois diante da necessidade de atendimento médico, a conta hospitalar pode ser bem superior ao orçamento de toda a viagem.

O ideal é que o seguro seja contratado, pelo menos, no período exato de duração da viagem. Todavia, recomenda-se a contratação por mais dois dias posteriores, para se assegurar, em caso de atrasos e cancelamentos de voos.

Para a contratação do seguro, o ideal é procurar corretoras de seguros autorizadas que costumam trabalhar com uma variedade de seguradoras. O serviço ainda pode ser contratado em agências de turismo e operadoras de cartão de crédito.

Contratar um seguro de viagem internacional, portanto, é simples, rápido e muito mais barato do que qualquer atendimento médico em um país estrangeiro. Além disso, durante uma viagem, as pessoas estão mais vulneráveis e podem precisar de cuidados médicos a qualquer momento. Por isso, vale a pena investir nisso e se manter protegido.

Gostou do post? Então aproveite para assinar a nossa newsletter e ficar por dentro de muito mais informações interessantes!

Solicite agora a simulação do seu seguro viagem com a gente e embarque tranquilo! Clique aqui!

Sobre o autor

Eusebio Garcia

Deixar comentário.

Share This