Seguros

Tire agora suas dúvidas sobre o seguro viagem para intercambistas

seguro viagem para intercambistas
Escrito por Eusebio Garcia

Planejar uma viagem de intercâmbio exige organização e disposição para resolver algumas dúvidas que podem surgir. O assunto que mais desperta dúvidas em quem vai viajar são os seguros. Isso acontece porque dependendo do destino, o seguro viagem para intercambistas pode ser obrigatório ou não.

Mas levando em consideração que podem ocorrer imprevistos durante a viagem, a melhor opção é garantir sua segurança, não é mesmo? Desse modo, confira no decorrer do post as informações que você precisa saber, antes de contratar um seguro para sua viagem!

Por que um seguro viagem para intercambistas pode ser obrigatório?

A obrigatoriedade da apólice foi decidida após a assinatura do Tratado de Schengen, que inclui quase todos os países europeus e muitos outros pelo mundo. Os países que fazem parte do acordo exigem um seguro no valor mínimo de 30 mil euros, que é requisitado junto à documentação assim que os visitantes chegam.

O que está incluso em um seguro viagem para intercambistas?

Existem diversos tipos de cobertura que mudam dependendo do prazo e dos sinistros que o plano cobre. Existem sinistros que são comuns em quase todos planos, mas é necessário verificar atentamente todas as cláusulas com a seguradora, antes de fechar o contrato.

Veja algumas situações que o seguro de viagem pode assegurar:

  • gastos hospitalares e assistência médica;
  • despesas farmacêuticas;
  • extravio ou danos à bagagem;
  • atraso ou cancelamento de voo;
  • assessoria jurídica.

A área de seguros de viagem é ampla e existem até opções especiais para proteção de equipamentos eletrônicos. É você quem decide o que é mais importante e escolhe qual se encaixa nas suas condições.

Caso precise, como usar o seguro durante a viagem?

O primeiro passo e o mais importante: tenha sempre uma cópia do contrato do seguro. Seja no celular, e-mail ou até mesmo impresso. Também tenha sempre em mãos os contatos de atendimento para os casos de emergência.

As seguradoras possuem um atendimento de 24hs, já que os imprevistos não têm horário para acontecer. Caso precise de assistência, é só entrar em contato com a seguradora que você contratou, e eles esclarecerão os procedimentos a serem tomados para solucionar seu problema.

Nos planos de seguro, é comum que você tenha que pagar do próprio bolso e só depois receberá o reembolso integral dos valores gastos. Porém, não se esqueça: preste bastante atenção às cláusulas do contrato para não se confundir.

Como contratar o serviço?

Você poderá contratar um seguro viagem de muitas maneiras. Dá para conseguir o serviço diretamente com uma empresa especializada, em agências de turismo, na companhia aérea responsável pela viagem, pela operadora de cartão de crédito ou banco.

Não esqueça de fazer pesquisas entre as opções disponíveis para comparar valores e tipos de cobertura que são oferecidos. Se possível, verifique avaliações de clientes que já contrataram os mesmos planos para saber se vale a pena ou não fechar com a empresa escolhida.

Você deve ter confiança no serviço que pensa em contratar, pois o seguro viagem para intercambistas é fundamental e garante tranquilidade durante a estadia fora do país.

Solicite agora a simulação do seu seguro viagem com a gente! Clique aqui!

Sobre o autor

Eusebio Garcia

Deixar comentário.

Share This